Voltar

Mama’s Burger

Fomos conhecer o Mama’s Burger, aberto recentemente no Brooklin, um bairro que, exceto as lanchonetes dentro dos shoppings, é dominado pelo Original Burger, que já serve nosso alimento favorito desde 2009, ou seja, o desafio pro pessoal do Mama’s é grande!

01

A consultora Débora Damin (criadora do The Fifties) auxiliou com algumas instruções para a abertura da casa. Os hambúrgueres são de fraldinha ou picanha moídos e temperados diariamente. Percebemos que houve um cuidado com identidade visual, decoração e temática, como vocês podem ver no jogo de mesa abaixo:

06

Chegamos numa quinta feira à noite e foi bem tranquilo para parar o carro (na rua) e sentar, na verdade, o lugar estava praticamente vazio, umas 3 ou 4 mesas ocupadas (a casa tem 120 lugares).

O atendimento e o serviço foram medianos, estávamos em várias pessoas na mesa e um dos hambúrgueres demorou muito mais que os outros para chegar, pode ser que tenham esquecido, poooode ser, ou não, vai saber. Mas parecia que pelo fato de o lugar razoavelmente vazio, o pessoal estava meio “desencanado”, padrão recebendo os amigos na república da faculdade, mas vá lá.

Pedimos de entrada uma porção de fritas (R$ 15,00) e uma de onion rings (R$ 16,00) acompanhadas de “maionese verdinha” (R$ 2,00), como eles chamam por lá.

02

 

03

Batatas honestas, sem segredo, boas, crocantes por fora, macias por dentro, como devem ser. Maionese caseira temperada, show de bola! Já as onion rings foram deveras enigmáticas, por assim dizer, de início a impressão foi muito boa, crocantes, saborosas com um leve toque apimentado, mas em 5 minutos elas murcharam e pareciam onion rings de ontem, realmente não captei qual foi a da cebola, mas ok, pelo menos estavam saborosas.

Aos burgers! Você pode montar um com os ingredientes da sua escolha ou escolher algumas opções já prontas no cardápio. Analisamos dois burgers, montamos o primeiro com hambúrguer de fraldinha de 180g (R$ 15,00), cebola caramelada (R$ 4,00), bacon (R$ 3,00), queijo brie (R$ 5,00) e maionese à parte (R$ 2,00), total de R$ 29,00.

04

Olha, é um hambúrguer satisfatório, mas temos alguns pontos a ressaltar, o queijo brie não estava legal, tenho minha parcela de culpa, manja quando o negócio não “orna” com o resto? Então, este era o queijo brie, um intruso desarmônico no meio lanche, nota mental – sempre queijo prato, sempre queijo prato! A cebola estava boa mas não precisava colocar taaaaaanta cebola, quantidade absurda a ponto de ter que tirar um pouco do meio do pão. Mas a grande decepção foi o bacon, na primeira mordida deu pra sentir umas gorduras desnecessárias, bacon pouco crocante. A carne em si estava ok, nem muito grande, nem muito pequena mas suculenta no ponto ideal, tava bão!

O outro foi o Jacks Burger, na linha de algumas receitas que conhecemos de hambúrguer com Jack Daniel’s, 180 g de Burger defumado embebido com Jack Daniel’s, cheddar derretido, bacon, cebolas em tiras crocantes, alface, tomate servido no pão australiano com molho chipotle picante à parte (erro imperdoável: esquecemos o preço, sumiu, ninguém sabe, ninguém viu, MIL PERDÕES! Irei atrás disso e atualizo aqui)

05

Este estava melhor que o outro, sabor suave de Jack Daniel’s, no ponto certo, pão australiano (tipo preto) realmente bom e o bacon veio mais no esquema crocante, salpicado no meio do lanche, bem melhor, essa opção valeu a pena.

O Mama’s Burger tem as suas qualidades e seus defeitos, é uma casa nova e com certeza vai aperfeiçoar alguns pontos ainda, o ambiente é legal, talvez tenha faltado uma postura mais “profissional” do pessoal do atendimento, não parecia que estávamos num restaurante, estranho. De qualquer forma, dá pra ir sem problemas, mas vai no básico pra não ter surpresas.

► Pontos fortes: Jack’s Burger e maionese
► Pontos fracos: fuja do queijo brie, atendimento estranho e BACON GORDUROSO! Nunca errem no bacon pessoal!

Mama’s Burger
Av. Nova Independência, 158 – Brooklin
(11) 4562-6005
www.mamasburger.com.br
Facebook

Fabrício Schibuola

Fundador do blog Hambúrguer Perfeito, filho do Nelson e da Lília e irmão do Felipe. Publicitário, designer, "marketeiro", corintiano, paulistano com um pé no interior, da música e da cerveja.

2 comentários

  • Natalie disse:

    Afinal… A carne é gostosa? Suculenta? Vale o preço? 😛

    • Mr. Bacon disse:

      Então, Natalie, como eu disse no texto, vai no básico que não tem erro, vale a pena, mas ainda tem muitos pontos a melhorar, nenhum ponto forte que se destaque! Valeu, abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.