Voltar

A triste história do Ronald McDonald

O pessoal do blog Notícia Cretina se empolgou demais com as fotos que o pessoal tira com as estátuas do Ronald. Além de juntar uma série de fotos eles resolveram contar uma historinha!

Nós rimos!


Tudo começou tão inocente. Ele era muito cavalheiro … apenas descansando no parque.


Ele foi respeitoso com a polícia.

ajudou os idosos.

Mas então as pessoas começaram a tratá-lo como um ídolo.
Pessoas até se ajoelharam diante dele.


As mulheres começaram a vir pra ele … no início era aparentemente inocente.
Um beijo na bochecha, aqui e ali.


Logo as coisas saíram do controle. começou a beber.

Sua saúde se deteriorou e chegou até mesmo perder o cabelo.

começou a assediar as mulheres


começou a pedir massagistas que ofereciam “finais felizes”.

Percebeu rapidamente o poder que tinha sobre as mulheres e o quão facilmente podia conseguir o que quisesse delas.

Seu apetite para o sexo aumentou, e rapidamente ficou viciado.

Gostava particulamente de um “boquetinho”


Gostava de transar nos bancos de praça.

E agia agressivamente quem viesse reclamar.

As mulheres não foram suficientes e logo foi se envolvendo com os homens.



… E, finalmente, virou um pedófilo.

Depois de todos os suas excentricidades, o seu bem-estar mental e saúde em geral diminuiram. Ele foi visto sem-teto, às vezes.

O policiais tiveram que buscá-lo numa ocasião.
Normalmente bêbado e em um estado deplorável.



Seu último transtorno para aliviar sua dor e sofrimento interno era a raiva …
mas acabou atacando a pessoa errada ….


… Um homem com ligações. Ele ficou na mira de uma arma …
sua vida passou diante dos seus olhos …
e no último momento percebeu o erro em seu caminho.

Até que lembrou dos seus dias felizes …


… Mas já era tarde demais. Em uma saraivada de tiros,morria diante de seu próprio império.

Esse era o fim de Ronald McDonald’s

Fabrício Schibuola

Fundador do blog Hambúrguer Perfeito, filho do Nelson e da Lília e irmão do Felipe. Publicitário, designer, "marketeiro", corintiano, paulistano com um pé no interior, da música e da cerveja.

11 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.