Voltar

PJ Clarke’s

Finalmente é chegado o momento de falarmos do “melhor hambúrguer da cidade” segundo a Revista Veja, o aclamado PJ Clarke’s. Essa tradicional lanchonete de Nova Iorque chegou a SP fazendo muito barulho e já em seu primeiro ano recebeu a honraria da Veja.

Fomos ao PJ numa terça feira de calor, muito calor. E também numa 3ª feira de APAGÃO. Isso mesmo. Nossa história de apagão é essa. Precisamos dar o destaque aqui que mesmo com o caos do apagão a equipe de atendimento do lugar continuou impecável, como se nada estivesse atrapalhando o trabalho deles. Parabéns!!!


A chegada foi bem estressante, não existem vagas pra parar o carro, todos os Valets da região custam mais de R$ 15,00. Paramos no estacionamento conveniado, ao lado da casa, e saiu por R$ 10,00.


Aqui vai um alerta vermelho!!! Eles têm música ao vivo. Não sei quanto a vocês, mas nós ODIAMOS música ao vivo. Não fomos a um show, fomos a um restaurante, para comer e conversar. O som até que era legal – jazz – mas estava alto, bem alto. Ponto negativo aqui. Aos que também querem fugir da música ao vivo ela rola segundas, terças e quartas, das 19h às 00h. Não tem couvert artístico tá!



O ambiente é sensacional. Nada do que esperávamos. A casa é simples mas elegante, parece mesmo um daqueles restaurantes americanos onde os mafiosos faziam as suas reuniões. Os lustres baixos dão o toque de sofisticação pro lugar. Nota 10!


Sentamos e o cardápio também surpreendeu. Os hambúrgueres são poucos. Um pedaço bem pequeno do cardápio. Os caras servem todo tipo de prato, filés, frango, peixes, saladas, tudo com uma cara deliciosa. Mas É ÓBVIO que estávamos lá pelo “melhor hambúrguer” que eles tanto falam.



Pra entrada pedimos a PJ’s Home Fries, batatas assadas coradas na chapa acompanhadas de cebola ao shoyu. Custou R$ 8,30 e olha, que delicia de porção. Não é muito grande não, um prato de sobremesa muito bem bem servido. O sabor é bem diferente de qualquer outra porção. A cebola parece feita na manteiga, derrete na boca!!! As batatas ficam deliciosas e bem macias. Experimentem!


Pra pedir os hambúrgueres ficamos numa dúvida sem precedentes. Eles têm dois cardápios, um regular e outro com Hambúrgueres Arround the World, sugestões de lanches deliciosos. O cardápio dessa modalidade é separado e dizia em destaque que só estava valendo até agosto! Cola uma etiqueta né gente?!


Pedimos dos tradicionais mesmo.


O primeiro pedido foi um tradicional Cheese maionese de queijo ementhal. Custou R$ 24,20, mais R$ 2,00 da maionese. Para acompanhar pedi a cebola de corda, uma espécia de onion rings bem fininha (estilo Fifties) que vem à parte.



O hambúrguer foi uma imensa decepção. Cadê o “melhor hambúrguer de SP”? O lanche era pequeno, sem graça nenhuma e a apresentação não agradou muito né? A maionese da casa é um mistério para mim. Não tem gosto de nada, sem tempero, sem nada. Você percebe que é feita artesanalmente pois a textura é diferente, mas não tinha sabor nenhum… Decepção! A tal da cebola de corda então, não conseguimos chegar na metade da porção. Gosto de farinha!!!! E não foi o apagão não, ela chegou antes da luz acabar. O hambúrguer estava sem graça, mas a porção estava INCOMÍVEL. Deixamos no prato (e não somos o tipo de gente que deixa comida no prato).

A segunda pedida foi o cheese burguer (R$ 24,20) de queijo emental, com bacon (R$ 3,30), maionese (R$ 2,00) e cebola a moda (R$ 3,00). O conjunto saiu por R$ 32,00!!! E mais uma vez completamente sem graça. A definição do lanche é SEM GRAÇA mesmo!… tanto que o melhor do lanche foi a cebola a moda, descartaria todo o resto e ficava comendo só a cebola.


Um grande pecado para quem quer servir um hambúrguer com bacon, não estava crocante! Não pode! Bacon no hambúrguer é bacon crocante!


Os preços são doídos também para as bebidas, refri a R$ 3,80, Suco em lata (Del Valle) R$ 5,25!!! Uma Heineken por R$ 5,90.


Pontos positivos: Ambiente, atendimento e a porção PJ’s Home Fries.


Pontos negativos: Caro, não tem estacionamento, SOM AO VIVO MUITO ALTO!, hambúrguer e maionese sem graça, porção de cebola em corda intragável.


Saímos deixando por lá um total de R$ 92,00, mais R$ 10,00 do estacionamento e com a sensação de que não valeu nem um pouco a pena. Se você sai de casa pra gastar mais de R$ 100,00, pra nós, tem que ser a maravilha de meu Deus e olha, PJ Clarke’s longe disso.


Achamos que a experiência é válida, o lugar é agradável e o atendimento de primeira, mas é só. Como pode a Veja ter achado aquele o melhor hambúrguer de São Paulo? Jabá? Fica aqui a dúvida…

Pessoal, desculpem pelas fotos! Não levamos a máquina e metade delas foram tiradas a luz de velas 🙁


PJ Clarke’s
R. Dr. Mário Ferraz, 568 – São Paulo
http://www.pjclarkes.com.br

Fabrício Schibuola

Fundador do blog Hambúrguer Perfeito, filho do Nelson e da Lília e irmão do Felipe. Publicitário, designer, "marketeiro", corintiano, paulistano com um pé no interior, da música e da cerveja.

24 comentários

  • Zebuzinder disse:

    Po, eu li ontem na veja sobre esse hamburger e tava querendo ir conferir, depois dessa nao sei mais… to numa epoca onde preciso de BGD: Burger Garantidamente Deliciosos… nao posso me arriscar…
    quem sabe ano que vem…

  • Pepino disse:

    Fui uma vez, logo ma estréia e não curti… como era fui no ínicio resolvi dar uma segunda chance… e vi que não era pra ter curtido mesmo… surpresa qd saiu na Veja Sp como melhor hambúrguer.. nada ver…

  • Lucas disse:

    Li esta resenha somente hoje, mas creio que tivemos experiências totalmente diferente no PJ, já fui no daqui e no de lá em NY, e oq daqui faz eh certamente repetir o a matriz pois até a maionese sem graça é a mesma coisa que eu considero absurdo pra um lugar tão bom não ter uma maionese de nivel “Lanchonete da Cidade”, mas creio que é questão de seguir o conceito da matriz americana inclusive nos ótimos guardanapos de verdade e na decoração, sempre peço o Cadillac Burguer da promoção de agosto(etiqueta pra ontem), e acho a melhor escolha com o ótimo hamburguer wessel e quiejo idem e com ótimas PJ Home Fries…..
    Resumindo creio que a casa é muito fiel a sua matriz e tenta se adaptar a freguesia paulistana sem perder o nome que tem.

    Creio que tiveram má sorte na escolha dos hamburgueres mas com certeza é um dos melhores da cidade junto com a Lanchonete da Cidade.

  • Ricardão disse:

    Fui lá hoje e achei o hamburguer caro e sem graça. O cheesecake é imperdível. O ambiente é legal. Vale para conhecer, mas não para virar habituée. A maionese não chega aos pés nem do Joaquim´s, A chapa, Lanchonete da Cidade, chico Hamburguer, Osnir etc.
    Vale conhecer, mas não vale insistir.

  • Naila m disse:

    deu sorte de pegar a música ao vivo! da última vez que fui lá, me colocaram numa mesinha super apertada ao lado do jô soares, que estava tendo a conversa mais tediosa que já ouvi com a marília gabriela. argh.

  • Ivy! disse:

    Eu tambem não sou de largar o hamburguer e la foi a primeira vez que fiz isso.. meu namorado quase que me socorrou! Eu pedi o Mexicano e nao conseguia comer… Me decepcionei muito, ate por que a conta deu 120 reais… +____+!!! Pra mim rolou altos “jabás” sim, além de jantares fee pra varios artistas, certeza +____+

  • Marinho !! disse:

    Estou cada vez mais convencido de que a exemplo das pizzas, os hamburgeres de São Paulo são os melhores do mundo.

    O PJ, pelo visto, procurando se manter nos padrões da matriz, mostrou-se aquém das boas lanconhetes que temos por aqui !

  • caroline disse:

    Só tive ótimas experiencias no PJ! Frequento a casa desde a inauguração e sempre que quero comer algo gostoso vou pra lá! O hamburguer Cadillac é uma delícia!! Bacon e cheddar uma combinação perfeita!! Pra finalizar sempre como também a cheesecake….ai que água na boca!!! Infelismente não são todos que sabem apreciar as coisas boas da vida!!

  • Anonymous disse:

    Fui no PJ logo depois de sua inauguração e tb me decepcionei e acabei descobrindo que eles não fabricam os hamburgueres e compram direto da WESSEL. Não se iludam com matérias que saem na VEJA pq em sua maioria são matérias enviadas pelas assessorias de impressa dos restaurantes/bares/hamburguerias. Nunca mais vou no PJ pq além de demorar quase 50 minutos para trazerem meu lanche ainda por cima não tinha sabor mas tinha preço salgado…hehehehe…

    abs
    Alessandro
    alelopes1973@ig.com.br

  • IA disse:

    Eu adooooooro o PJ Clarke's. Acho que vcs nao deram sorte pois o atendimento é simpatico, a comida gostosa e acho o lugar super bonito. Acho que merece varias visitas.

  • Magno disse:

    Caramba me surpreendeu essa matéria, sou do tipo que adora hamburguer e adoro fazer hamburgueres também, eu e minha namorada saimos de lá maravilhados com o sabor.
    Pão muito gostoso, carne deliciosa e meio mal passada o que eu achei delicioso e até a maionese eu gostei. É o tipo maionese caseira, ovo e óleo nada mais

  • Também estou surpreso. Não sou de SP e conheci o PJ em janeiro desse ano. Achei uma delícia. Pra mim, ele só perde para o Madero (chef Junior Durski) de Curitiba. Acho que vcs não tiveram sorte.

  • Paulinho disse:

    Sinceridade, curti mto o conceito do blog, acabei lendo esta review e nao vou mais poder entrar no blog, tamanha a ignorancia da review, falar q o hamburguer do PJs nao tem sabor eh uma falta de vergonha na cara, isso so pode ser opiniao comprada, se quiser falar q o hamburguer eh pequeno e caro td bem, mas eh o segmento q eles atuam… Nao q fuja do preco de lugares INFERIORES como prime, rockets, lanchonete da cidade… Lugares q vcs ainda tiveram coragem de colocar proximo ao top de sao paulo… Oq me deixa mais chocado eh que mta gente vai deixar de conhecer o lugar por causa de uma review barata dessas… Ah, e chico > fifties.

  • Ricardo disse:

    Paulinho, vc está certo.

    Por toda a credibilidade que esse blog conquistou com seu excelente trabalho, eu não vou conhecer o PJ Clarke 's exatamente por causa deste review.

    Como a “linha editorial” do blog é muito parecido com o meu gosto para hamburgueres, está aí uma lanchonete que eu vou pular.

    Será que meu gosto para hamburgueres tb foi comprado? E agora?

    Quem aqui está parecendo ter rabo preso é você, meu caro. Custa entender que tudo é uma questão de paladar? Algo muito subjetivo, não?

    E nunca se esqueça: gosto é que nem braço, tem gente que não tem.

  • Paulinho® disse:

    Paulinho, meu xará.

    Não existe necessidade de partir para ofensas. Se não concordou com o review, faça cmo os outros fizeram. Discorde e dê o seu comentário.

    Como o Ricardo disse, gosto cada um tem o seu. Não tente impor a sua opinião pela força.

    Alguns disseram que o lugar é bom tenho certeza de que outras pessoas vão querer experimentar independente da opinião do blog.

    Para ter sua opinião respeitada respeite a dos outros.

  • zebuzinder disse:

    O cara fala que Rockets, Lanchonete da cidade e GPB são inferiores e ainda fala que a opinião do blog é que é comprada ???
    amigo, vc provavelmente ou é dono ou da familia dos donos do PJ
    Clarke´s, e ta fazendo jogo baixo num blog que não é absolutista, é feito de OPINIÕES, e eu confio e MUITO na opinião do Bacon e da Gorgonza, eles sabem avaliar e apreciar, detalhar, informar e opinar com propriedade e vc é só um paga pau de UMA lanchonete…
    Por mim vc nao precisa mesmo voltar no blog, eu imagino que aqui não precisamos de gente com cabeça fechada…
    abraços e bom rango pra vc no PJ Clarke´s pq hj eu vou na Lanchonete da Cidade saborear o Bombom Deluxe que ganhei na ótima promoção em parceria com o blog…
    abraços

  • Guigolinos disse:

    Bom, adoro o blog, mas em hora que vocês pisam na bola… O discurso revoltado em relação ao Sujinho (por não trabalharem com cartões) e o piti por causa da música do PJ são descabíveis! Os shows de jazz e a própria decoração da casa buscam remeter AO MODELO DA MATRIZ NOVAIORQUINA, ou seja, trazer um pouco da cultura deles para o Brasil. E, guess what, jazz is part of the deal! Po, é quase que ir na broadway e reclamar que você foi para ver uma peça, não um musical!

    De resto, deixo meus parabéns! Semore visito o blog para conhecer novas opções de lanches e hamburgueres!!!

    Abraço!

  • Fala Guigolinos!

    Se vc for ver direito, no post falamos que a música (jazz) é boa, o problema é o volume. Alto demais, gostamos de conversar enquanto comemos, e tava difícil! rs

    Em relação ao cartão no Sujinho, continuamos achando inadmissível, mas essa é apenas a nossa opinião.

    É isso, continue comentando aqui e dando suas opiniões, valeu!

  • arturdesouza disse:

    concordo em tudo e pior que achei a batata acebolada sem graça sem sabor e veio encharcada. sugiro ir no NEW DOG. ´peçam o x-picanha, tive uma experiência única e eles nunca erram no ponto, já fui a todos esses e posso dizer: se quer um sanduiche simples new dog, mas se quiser algo mais elaborado prime burguer, o resto é resto. Agora quem quiser ir para interior atrás de sanduiches (eu faço isso fim de semana para conhecer coisas novas) podem ir no gordo que fica em jundiai. Churrascaria tb sou fã e conheço todas, a melhor é a fogo de chão. Pois é a minha referencia é essa!!

  • João Gabriel Margutti Amstalden disse:

    Estive no Pj´s sexta a noite, dia de correria nas hamburguerias. O atendimento e o ambiente são incríveis, muito bom mesmo. A casa oferece uma boa opção de cervejas, pra quem gosta é um ponto a parte. Pedi o clássico Cadillac. Não tenho do que reclamar, excelente lanche, os ingredientes na medida harmonizam muito bem, veio acompanhado das também excelente Home Fries. Uma ressalva, minha cunhada pediu um Chesse Salada e não gostou muito. As vezes o PJ é uma casa que tenha um carro-chefe, coisa comum em restaurantes. Fica a sugestão aos escritores do Blog pra na próxima vez que visitarem: Peçam o Cadillac!

  • Visitante disse:

    Não vale nenhum centavo pago. Não voltarei. Se tiver dúvidas, vá você mesmo.

  • Marcel disse:

    Acho que você deram azar mesmo. No dia que eu fui não tinha música ao vivo. A comida estava excelente e o atendimento foi rapidíssimo. Além do mais vocês deixaram de experimentar a melhor batata frita que existe! E as sobremesas também são muito boas.

  • Anonymous disse:

    Olá, muito bom o site.
    Uma vez fui ao PJ e pedi o Ford Rancheiro e achei SENSACIONAL! Recomendo…

  • Luca Serra Netto disse:

    Caras, fui em Nova York antes de abrir aqui em São Paulo e me apaixonei, foi sem dúvidas o melhor hamburguer que eu comi na minha vida até hoje, e olha que era um simples cheesburger com alface e tomate, nem maionese tinha! A carne era simplesmente deliciosa e macia, você nem sentia que estava mordendo alguma coisa! E vinha sangrando, perfeita. Quando abriu aqui em São Paulo resolvi experimentar, mas já com medo. Me decepcionou bastante, passei um bom tempo sem ir. Em compensação, fui alguns meses atrás novamente e me reapaixonei. A carne deliciosa, a maionese que vocês falaram não deve ser a de hoje em dia, porque essa é meio temperada com mostarda, é sensacional! A melhor que eu já comi atéhoje! E olha que não gosto dessas lanchonetes modinhas hein… As minhas preferidas são Hobby, Oregon e Original Burger, e, sem duvidas, PJ CLARKES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.