Os melhores hambúrgueres dos Estados Unidos

Diretamente do blog do jornalista Marcelo Duarte, aquele que nos citou na rádio Band News FM, segue o seguinte post:

Dono da pequena hamburgueria St. Louis, uma das melhores de São Paulo, o chef paulistano Luiz Cintra resolveu comemorar os 30 anos de casamento com um roteiro de dar água na boca. Ao longo de 12 dias, Luiz e a mulher, Dulce, visitaram quatro estados, cinco cidades e sete lanchonetes dos Estados Unidos em busca do hambúrguer perfeito (opa, olha nóis ae!).

Os estabelecimentos hamburgueiros foram escolhidos a dedo: eles figuram em todas as listas de melhores hambúrgueres americanos. O saldo? Três quilos a mais e um verdadeiro guia de hambúrgueres da Terra do Tio Sam. Até um novo hambúrguer, o “Pepper Crust”, que entrou no cardápio do St. Louis esta semana, foi inspirado no cardápio do The Grind, em Phoenix, no Arizona. Confira (as fotos foram obtidas através de buscas na internet):

Burguer Joint (New York) – Instalado no meio de um hotel cinco estrelas em Manhattan, o Burger Joint limita-se a fazer só um bom tipo de sanduíche: o hambúrguer americano clássico, com carne, queijo, alface, tomate, cebola e picles. Mas o que realmente chamou a atenção de Luiz foi o ambiente simples, em contraste com o luxo do hotel: “Você entra por trás de uma cortina de pano e parece que entrou em um boteco da 25 de março bem no meio do hotel”, brinca.

The Stoned Crow (New York) – Localizado em uma rua escondida da badalação nova-iorquina e com ares de inferninho underground, o cardápio do Stoned Crow tem cinco tipos de sanduíche e nenhum turista sentado em suas mesas. “É um lugar bem exclusivo”, conta Luiz. “Até por isso é bem mais autêntico e americanizado”.


Shake Shack (New York e Miami) – Para experimentar o hambúrguer da rede Shake Shack, Luiz e Dulce enfrentaram uma hora de espera em uma fila no Madison Square Park. O modelo da lanchonete é semelhante ao de uma rede de fast-food: o cliente pede o lanche no balcão do quiosque e come nas mesinhas instaladas em volta – o hambúrguer, entretanto, é tão bom quanto qualquer outro hambúrguer artesanal. “É o que há de mais moderno em termos de fast-food nos EUA”, opina Luis.


Le Tub (Hollywood-FL) – Classificado por Luiz como dono do melhor hambúrguer da viagem, o charme do Le Tub fica por conta do clima de cais do porto, reforçado pela presença das mesinhas em cima das tábuas corridas sobre o canal. Aberto desde 1974, o Le Tub possui sanduíches suculentos e ambiente despojado – tão despojado que até o garçom que atendeu o casal estava, digamos, com o teor alcoólico um pouco elevado.


The Grind (Phoenix) – Foi diretamente do cardápio do The Grind que saiu a inspiração para o mais novo sanduíche do St. Louis. O hambúrguer com molho de mel e wasabi, pimenta do reino, queijo e muita batata palha encantou Luis, que estreou algumas semanas atrás no St. Louis sua própria versão do sanduba.


Tobacco Road (Miami) – Afastado, enfumaçado e esquisito – este era o clima do Tobacco Road, localizado em Miami. “Um sujeito de boné na entrada me aconselhou a não parar o carro na rua”. Por precaução, o carro foi deixado em um estacionamento próximo – aí o caminho estava livre para experimentar o hambúrguer (“um espetáculo”, classificou Luiz) ao som de bandas ao vivo.


Five Guys (Atlanta e Miami) – Aberto em 1986, o Five Guys cobra o preço único de 6 dólares. O freguês escolhe apenas se quer hamburguer, cheeseburguer ou cheeseburguer bacon – a adição de maionese, picles, cebola, tomate, cogumelos, alface ou pimenta sai de graça. (Veja também a dica do leitor que recebemos desta lanchonete)

Compartilhe:

Autor: Fabrício Schibuola

Fundador do blog Hambúrguer Perfeito, filho do Nelson e da Lília e irmão do Felipe. Publicitário, designer, "marketeiro", corintiano, paulistano com um pé no interior, da música e da cerveja.

Compartilhe
468 ad

7 Comentários

  1. nossa. nos eua é que é lugar de comer hamburge. Olha essas fotooos

    Responder
  2. ai, MEEEO! pena que esse post não saiu com um mês de antecedência… fui a ny a trabalho e fiquei NO hotel onde fica o burger joint, o parker meridien!!!
    aliás, a fila pra entrar lá na lanchonete é sempre gigantesca!!
    bom… agora resta torcer por uma próxima…

    Responder
  3. Fui no Shake Shack de NY! Muito bom! O Hamburguer não é muito grande, mas é bem bom e bem oleoso! hahah
    Cheguei la umas 3 da tarde… Tinha umas 15 pessoas na fila. Então imagina na hora do almoco!

    Responder
  4. Faltou o melhor hamburguer que já comi na minha vida, e foi em nova york!
    É um lugar chamado five napkings, o hamburguer é gigante e vem com uma maionese de alecrim que é maravilhosa, até pra quem não gosta!

    Responder
  5. Adorei. Eu e a minha esposa vamos no proximo ano e espero comer estas delicias todas.

    Responder

Envie seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>